domingo, 20 de setembro de 2009


SEGUNDO MOMENTO


O dos dias que passam sem que a gente queira.

Em que os olhos treinam alcances.

Em que estar não deveria consumir tempo.

Dias das cores difíceis de nomear.

Das flores que na certa vão durar mais

que esta desejada demora.

3 comentários:

grandibarrros disse...

Bem vinda seja a primavera, com estas palavras candidas, para aliviar o calor, quando é excessivo como hoje .
Eduardo

Gabriela Chiaretti disse...

Lindo lelena!

Marilu disse...

Como sempre, minha Filha querida, tenho que te dar parabéns pelos belos desenhos e pelos belos versos. Não se esqueça de que quero ver isso em livro. E breve.
Beijos,
Mamãe.